Como fazer uma senha segura para e-mail?

Praticamente todas as pessoas sabem da importância de fazer uma senha segura para e-mail. Mesmo assim, a grande maioria de nós não costuma utilizar uma senha que realmente traga segurança para o uso do serviço.

Na prática, temos o hábito de favorecer senhas que são mais fáceis de lembrar, que vão desde a famigerada data de aniversário, até palavras relevantes ou conjuntos de coisas que gostamos. Embora elas facilitem a memória, essas senhas também facilitam a atividade de hackers e programas interessados em “sequestrar” nossas contas de e-mail, de banco e de outros meios variados.

Por isso, é absolutamente importante investirmos algum tempo para fazer uma senha segura para e-mail – especialmente considerando que o e-mail costuma ser a central de recuperação de todas as outras senhas que utilizamos. Não é à toa que essas contas estão entre as mais atacadas – até mais do que as contas bancárias, por exemplo.

Confira as principais dicas, e como manter a segurança aliada à capacidade de lembrar todos os caracteres:

Tamanho importa em uma senha

Quando uma senha permite que você utilize entre 6 e 14 caracteres, sempre dê preferência para o limite máximo do que para o limite mínimo. Muitos softwares de tentativa de uso de senha começam pelos seis dígitos e só tentam mais caracteres quando esgotaram as possibilidades. Isso significa que uma senha com 12 caracteres representa semanas (ou anos, dependendo do caso) de trabalho adicional para invadir seu e-mail.

Em geral, concorda-se que entre 12 e 14 caracteres em uma senha é um bom número para começar uma boa proteção para sua conta.

Varie o tipo de caracteres utilizados

Se a sua conta de e-mail permitir o uso de letras maiúsculas, minúsculas, números, pontuações e caracteres especiais, tente utilizar todas essas opções em sua senha. Isso dificulta muito o trabalho de invasão, especialmente quando não atender a uma lógica comum.

Nada de datas importantes

Seu aniversário somado à data do seu casamento pode parecer algo pessoal o bastante para que ninguém descubra, mas a verdade é que uma das maiores áreas do hacking é voltada justamente para descobrir estes significados pessoalmente relevantes de suas vítimas.

Evite todos os tipos de senhas que utilizem este tipo de informação como o dado principal do mecanismo. Elas até podem estar presentes em sua senha, para facilitar a lembrança, mas apenas se combinadas com outras informações, e disfarçadas com caracteres de substituição, que “camuflem” seu real significado.

Evite palavras ou frases coerentes

Seguindo as dicas anteriores, uma senha como “MinhaSenha123!” pode parecer boa, mas a verdade é que ela pode estar entre os dicionários prontos utilizados para invadir contas de e-mail. Neste caso, é especialmente importante dar preferência a combinações mais aleatórias, que não tenham um significado lógico.

Não pense, também, que “M1nh4S3nh4123!” é uma combinação muito melhor. Pessoas que dedicam suas vidas a invadir contas tem muito mais tempo do que você para pensar nessas substituições óbvias, e é provável que este tipo de substituição já esteja nos dicionários utilizados por eles.

Recorra a uma lógica que só existe para você

Parta de uma lógica ou frase que você queira como senha, e comece a criar variações que substitua letras por símbolos, números por letras e símbolos por números, por exemplo. Utilize algo que faça sentido para você, mas não seja universalmente reconhecido como um substituto comum. Isso aumentará muito a força da sua senha.

A verdade é que uma senha segura para e-mail só é uma tarefa difícil se você se mantiver no campo do óbvio. Com um pouquinho de criatividade e esforço, você criará senhas excelentes e fáceis de serem lembradas por você (e por mais ninguém).

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply