Dicas para criar um e-mail profissional

Quando começamos um novo projeto profissional, um bom contato é absolutamente importante – e criar um e-mail profissional é uma ação obrigatória. Na verdade, é um bom contato que garante que você consiga realizar uma série de atividades necessárias para as vendas, contatos e, até mesmo, entregas do serviço, a depender do tipo de ação que você executa.

Embora criar um e-mail profissional seja fácil, muitas pessoas ainda não sabem como realizar a ação, e acabam confusas ao pensar que se trata de uma complicação tecnológica. Na prática, é muito mais simples do que parece: basta escolher entre um provedor geral ou seu próprio domínio e decidir como você criará o nome.

Elaboramos este rápido manual para que você possa decidir como criar um e-mail profissional que atenda às demandas de suas atividades:

Dê preferência para um domínio próprio

É bem verdade que você pode fazer e-mail respeitáveis e bastante profissionais com domínios gratuitos, como @gmail, @hotmail, @yahoo, etc. Não há como discordar, no entanto, que a imagem que você passa quando utiliza um domínio próprio é muito mais interessante.

O uso de um domínio próprio garante uma série de benefícios: em primeiro lugar, nenhum nome está previamente ocupado. Isso permite que você crie contas simples, como seunome@seudomínio.com.br, por exemplo.

Além disso, a confiabilidade é muito maior. Você certamente leva mais a sério um contato que utiliza um domínio próprio, e ele fará o mesmo com você. Lembre-se que hoje em dia é razoavelmente barato pagar um domínio anualmente, garantindo um toque interessante à sua empresa.

Evite apelidos ou números

Suas bandas, piadas e apelidos favoritos não devem entrar na hora de criar um e-mail profissional. Na verdade, sua elaboração deve ser simples e direta: dizer seu nome ou seu cargo dentro da organização da forma mais eficiente possível.

Se você trabalha em um local com várias pessoas, é útil criar uma padronização do e-mail: muitas empresas optam pelo formato nome.sobrenome@empresa.com.br, por exemplo. Outras, preferem inverter a ordem ou, ainda, criar um único e-mail por departamento, como “comercial”, “atendimento”, “vendas”, “suporte”, etc. Neste caso, todos os membros daquele departamento possuem acesso aos e-mails vinculados a essa conta.

O importante é seguir um padrão profissional e que não seja confuso. A adição de números e apelidos pode até fazer sentido para você, mas provavelmente não será bem visto aos olhos de seus parceiros comerciais.

Lembre-se de configurar o nome da conta

A maior parte dos e-mails com domínio próprio tende a dar o nome provisório da sua conta com o mesmo username utilizado para a criação do endereço. Se você criar o email “joao.silva” e não configurar o nome que aparecerá como remetente, é provável que você esteja assinando seus e-mails como “joao.silva” e não como “João Silva”, o que é obviamente diferente, em termos estéticos.

Crie uma assinatura com as informações importantes

Aproveite que você já está com a tela de configurações aberta e crie uma assinatura de qualidade para sempre ser inserida ao fim de seus e-mails. Parte de criar um e-mail profissional consiste em buscar formas de facilitar seu contato com interesses comerciais, e ter uma assinatura com telefone, endereços, horários de contato e outros dados facilita muito o processo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply