Para ver o mundo da Arte de uma maneira fora da realidade, confira neste artigo o conceito, características e o que é arte abstrata.

Em linhas gerais, podemos dizer que ela é uma corrente das artes plásticas que apresenta aspectos marcantes quanto à maneira de se apresentar uma obra de arte: irreal!

Isso significa que sua representação de imagens possui uma certa distância da realidade de quem a aprecia.

Assim, as criações englobadas dentro desse período visam transmitir a sensação de que a realidade não é tão importante pelo ponto de vista do autor.

Isso também amplia a capacidade para se criar a interpretação que quiser em relação às emoções e sentimentos.

Saiba também que a arte do abstracionismo é considerada uma oposição aos movimentos de vanguarda europeia, como o realismo. Isso vale para as áreas de escultura, pintura e gravura.

Com origem na Europa no século XIX, temos num pintor o artista que pode ser considerado o primeiro representante dentro do movimento: o russo Wassily Kandinsky.

Com uma enigmática mistura de influências do expressionismo, cubismo e futurismo, o movimento também recebe o nome de abstracionismo.

Assim, mais do que designar o que é arte abstrata, ela representa exatamente uma abstração geométrica ou a arte “não representacional”.

Conceito do abstracionismo

A arte abstrata (ou abstracionismo) é a forma de arte que não utiliza a representação de objetos próprios à nossa realidade concreta presente no plano exterior, especialmente quando expressada na forma de arte visual.

Isso significado pop art que ela tem as características de usar relações incomuns entre linhas, cores e superfícies, compondo realidades um tanto quanto enigmáticas, mas de um modo conhecido pelo termo “não representacional”.

Para se entender melhor o que é arte abstrata, saiba que sua criação tem origem a partir das experiências de outros movimentos vanguardistas da Europa. Em especial daquelas que rejeitavam heranças renascentistas, como a estética greco-romana.

Entretanto, alguns relatos ainda indicam que a expressão “herança renascentista” também pode englobar a forma de arte criada por certas escolas e movimentos do começo do século XX, abrangendo um período da arte moderna.

Assim, nesta mesma época, o termo de arte abstrata também foi utilizado para se referir a correntes como o futurismo e o cubismo, antes que seus expoentes conseguissem a abstração total.

Mesmo que suas obras ainda fossem figurativas e representativas, era necessário sintetizar qualquer elemento do mundo natural para se atingir um resultado artístico mais distante da realidade “concreta”.

Com esse nível de aprofundamento, para o conceito de o que é arte abstrata ganhar popularidade e influenciar novas correntes, ela acabou dividindo-se em duas tendências: o abstracionismo geométrico e o abstracionismo lírico (ou informal).

Abstracionismo geométrico

Movimento artístico com forte influência das correntes Futurismo e Cubismo, o centro dessa tendência é o foco numa forma de racionalizar a arte com base em análises mais lógicas e intelectuais.

Portanto, dentro do abstracionismo geométrico, as cores e formas precisam seguir a regra de estarem sempre organizadas. Tudo para garantir que o resultado das composições resulte apenas em expressões de caráter geométrico.

A partir de suas origens cubistas, o abstracionismo geométrico também chegou a derivar outras correntes como forma de ramificações pelo mundo, onde podemos destacar:

  • Construtivismo;
  • Neoconcretismo;
  • Neoplasticismo;
  • Concretismo;
  • Suprematismo.

Abstracionismo lírico

Também conhecido pelo termo de abstracionismo informal, dentro do conceito de o que é arte abstrata, essa corrente buscava suas inspirações no inconsciente e instinto. Assim, ele visava ciar um pensamento de arte que fosse imaginária e conectada a uma necessidade interior.

Como características marcantes, o abstracionismo lírico apresenta uma disposição de cores vibrantes e formas orgânicas distintas.

Neste movimento, ainda é importante saber que sua aproximação com a música era intensa, pois a intenção era ter uma expressividade sonora transformada na linguagem das artes plásticas.

Transformando linhas e pinceladas coloridas nos ideais do simbolismo subjetivo, o abstracionismo lírico manteve sua pretensão de se igualar e até superar a arte musical.

Origem do abstracionismo

O abstracionismo tem sua origem enraizada a demais vanguardas da arte europeia do século XX.

Essas representaram movimentos de ruptura, especialmente nos moldes tradicionalistas e renascentistas guiados pelos modelos de arte greco-romana.

Aqui, o ideal de beleza é a caraterística mais marcante. Nesse padrão, correntes como o cubismo, surrealismo, dadaísmo, futurismo e expressionismo também visaram romper com valores estéticos mais antigos.

Assim, eles propuseram formas artísticas novas, mesmo que recebidas com desconfiança por parte da população.

Principais características

Dentro de o que é arte abstrata, o abstracionismo não apresenta compromisso algum em retratar a realidade. Assim, sua característica mais marcante é exatamente ser o oposto do ideal das correntes realistas.

Como resultado, as obras são conceituais ao mesmo tempo em que se distanciam da chamada “arte clássica”.

Com predominância de elementos relacionados à intuição e à emoção, ela chega a ser uma forma de liberdade de expressão para os artistas. E sem a necessidade de se representar figuras que possam ter comprometimento com a realidade. Prova disso é a temática sentimental expressada em várias obras.

Para entender mais sobre o que é arte abstrata, note também que há o emprego diversificado de figuras de forma geométrica.

E, se a obra apresentar linhas curvas e retas, aliadas a cores vibrantes, ela provavelmente será uma pintura.

São formas simples, mas nas quais o contraste entre luzes, cores e sombras fica bem evidenciado.

Então, para você entender melhor o que é arte abstrata, acompanhe esses atributos sobre o movimento:

  • Arte subjetiva;
  • Arte “não representacional”;
  • Usa cores, formas e linhas simples;
  • Opõe-se a modelos renascentistas.

Artistas expoentes do abstracionismo

Existem vários artistas ao redor do mundo que deixaram sua marca na criação artística abstrata, especialmente na escultura, pintura e artes plásticas. Em destaque, temos:

  • Jackson Pollock;
  • Jorge Oteiza;
  • Piet Mondrian;
  • Henry Moore;
  • Kazimir Malevich;
  • Eric Aho;
  • Piet Mondrian;
  • Paul Klee;
  • Wassily Kandinsky.

A arte abstrata brasileira

Considerado um dos primeiros mestres do abstracionismo no Brasil, Alfredo Volpi ainda pode contar com a presença de outros artistas expoentes do movimento.

Assim, não basta aprender sobre o que é arte abstrata, é preciso conhecer alguns deles. Destacamos:

  • Tomie Ohtake;
  • Abraham Palatnik;
  • Ivan Serpa;
  • Lygia Clark;
  • Antônio Bandeira;
  • Willys de Castro;
  • Waldemar Cordeiro;
  • Loio-Pérsio;
  • Luiz Sacilotto;
  • Manabu Mabe.

Fonte: https://artout.com.br/