Uber e Cabify: qual é o serviço de transporte privado mais barato?

Uber vs Cabify

Atualmente, não há dúvidas de que o mercado de aplicativos de transporte privado é dominado pela empresa americana Uber. No entanto, com a popularização do serviço, empresas concorrentes aparecem a cada dia oferecendo serviços similares a preços bastante competitivos.

E é fato que o pioneiro Uber tem sentindo o impacto dessa concorrência, principalmente porque o rápido crescimento da empresa fez com que ela perdesse alguns pontos em qualidade, o que fez com que em 2016 o Uber ficasse em 16º lugar entre as 20 empresas mais reclamadas do site Reclame Aqui.

Neste cenário, uma empresa do segmento tem se destacado no Brasil, o Cabify. Fundada em 2011 na Espanha e presente em 12 países, a empresa possui forte atuação na América Latina, onde é a maior concorrente do Uber. No Brasil, a empresa chegou em junho de 2016, primeiramente em São Paulo, mas hoje seus serviços abrangem outras sete cidades brasileiras.

Mas na hora de escolher entre Uber e Cabify, qual é a opção mais barata? Descubra neste artigo e aprenda a economizar usando o aplicativo certo na hora certa!

Como os preços são calculados? Entenda o que é tarifa dinâmica e preço fixo ponto a ponto

Para entender qual aplicativo apresenta preços mais atrativos entre Uber e Cabify, é preciso entender como eles são calculados, pois cada empresa adota uma metodologia diferente de cobrança.

O preço do Uber é composto pela tarifa base, mais os valores cobrados por minuto e por quilômetro rodado. Além disso, o aplicativo adota a chamada tarifa dinâmica, ponto de discórdia entre muitos passageiros e a empresa.

A tarifa dinâmica é uma espécie de taxa extra cobrada quando a demanda por viagens estiver muito alta na região onde você está, ou seja, quando há mais passageiros pedindo viagens do que motoristas disponíveis.

A justificativa da empresa para esta taxa é que o aumento temporário nos preços serve como um estímulo para fazer com que mais motoristas se dirijam às áreas da cidade onde a demanda por viagens estiver alta. Em outras palavras, a tarifa dinâmica foi projetada para garantir que o usuário consiga um carro rapidamente sempre que precisar, independente da demanda. A tarifa dinâmica é o principal motivo de uma corrida de Uber ter um valor final diferente do estimado.

Já o Cabify utiliza um cálculo totalmente diferente. Seu preço é composto da tarifa base mais o preço fixo ponto a ponto, método que calcula automaticamente a melhor rota entre o ponto de partida e destino e cobra apenas por essa quilometragem, independente do trânsito ou rota que o condutor escolha.

Não há cobrança pelo tempo que você fica no carro e se você pegar um engarrafamento, por exemplo, isso não impactará no seu bolso. Além disso, ele não cobra nenhum tipo de tarifa dinâmica, o que significa que o valor estimado na solicitação do veículo será exatamente o valor pago ao final da corrida.

Compare as tarifas do Uber e Cabify

Para ter uma ideia dos valores praticados pelo Uber e Cabify, citaremos as tarifas de dois serviços destas empresas e que são de categorias equivalentes, o UberX e o Cabify Lite em São Paulo, já que os valores podem mudar dependendo da cidade. Confira.

UberX

  • Preço base: R$ 2,00;
  • Preço mínimo: R$ 7,00;
  • Preço por minuto: R$ 0,26;
  • Preço por quilômetro: R$ 1,40.

Cabify Lite

  • Preço base (horário normal / horário de pico): R$ 0,50 / R$ 3,00
  • Preço mínimo: R$ 7,00
  • Preço por quilômetro: 0 a 10 km (R$ 2,90), 10 a 25 km (R$ 1,85) e superior a 25 km (R$ 3,00).
  • Preço por minuto de espera: R$ 0,40 (aplicado quando o passageiro demora mais de 3 minutos para entrar no carro).

Afinal, qual é mais barato? Uber ou Cabify?

A resposta é depende. Como os aplicativos utilizam formas diferentes para calcular o preço da corrida, a viagem com um ou outro aplicativo pode ser mais vantajosa dependendo da situação.

Veja a seguir quando vale a pena usar o Uber ou o Cabify.

Quando vale a pena usar o Cabify?

Como você pode observar acima, o Cabify utiliza tarifas diferenciadas por faixa de distância, sendo as corridas de 10 a 25 km as mais vantajosas, pois o aplicativo cobra menos por quilometro rodado nestas distâncias.

Além disso, o Cabify também é uma boa opção quando você sabe que pegará trechos de congestionamento, pois ele não cobra por minuto, ou seja, o tempo parado no trânsito não pesará no bolso.

Também vale lembrar que o Cabify não cobra tarifa dinâmica, o que o torna mais vantajoso do que o Uber em casos de locais muito movimentados e com possível demanda elevada de solicitação de transporte privado, como saída de shows, festas e eventos, por exemplo.

Além disso, com o Cabify, há a segurança de já saber o valor real da corrida no momento da solicitação.

Quando vale a pena usar o Uber?

O Uber se mostra mais vantajoso que o Cabify em viagens mais curtas (abaixo de 10 km) e em horários sem trânsito, mas a diferença é pequena.

A grande diferença de preços se dá em viagens mais longas (acima de 25 km). Nestes casos, a diferença de valor com o Cabify é bastante significativa, principalmente porque o Cabify cobra mais caro por quilômetro rodado em viagens mais longas.

Mas vale lembrar que o Uber é a alternativa mais barata em corridas nestas circunstâncias, mas fora de regiões e horários onde possa acontecer a tarifa dinâmica. Caso contrário, você pode ter surpresas desagradáveis com o preço final da corrida.

Por fim, a melhor forma de descobrir o que é mais barato em uma situação é realizar uma simulação. Para facilitar essa comparação existe um aplicativo chamado Vah, que calcula sua viagem em diferentes aplicativos – entre eles o Uber e Cabify – em tempo real, aplicando possíveis promoções sazonais e tarifas dinâmicas, caso seja aplicável.

Você utiliza os serviços de transporte do Uber e Cabify? Para você, qual é o mais barato? Deixe sua opinião nos comentários.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply